Sonia Guzzi - Sonia Guzzi - Alma, Luz e Cotidiano

Buscar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Sonia Guzzi

A autora




Sonia Guzzi é uma pessoa que ama Deus e o busca em tudo.

Aceita sua essência curiosa e por seu intermédio explora a profundidade através das atividades rotineiras, do encontro com as pessoas e da experiência com a natureza, principalmente com a terra.


Gosta de preparar alimentos criativos, especialmente com ervas curativas, faz compostagem, aprecia música, fotografia, pintura, artesanato, colagem e toda expressão artística.


Escreve desde a adolescência, mas, foi em 2009 que publicou seu primeiro romance com o título de “Pimenta, alecrim e palavra". Em 2012 publicou seu segundo livro, com crônicas e poemas de  título “ Alma, luz e cotidiano".

Para Sonia  escrever é como  esgaravatar palavras,  revolver  a terra, escutar sentimentos, e nesse processo de contar suas experiências, fazer e possibilitar reflexões, permitir expandir sua  alma em simplicidade, delicadeza e espiritualidade. Escrever é um exercício de compartilhamento que lhe traz imensa felicidade.

Sonia Guzzi é Membro da Associação dos Escritores de Araraquara e membro fundadora da Academia Araraquarense de Letras.




Inspirada por sentimentos como fé, esperança e recomeços pessoais, seus escritos vêm sendo considerado por seus leitores, um instrumento primoroso de valor à vida.

" Através de seus textos, descortinamos intimamente muitas verdades e, o que é mais interessante, flagramo-nos seduzidos, também, a reavaliar processos, a ponderar valores e a reconsiderar o sentido da vida.
Quem somos, de onde viemos e qual será o próximo passo? Na prosa poética de Sonia Guzzi, certamente o leitor encontrará, se não as respostas, pelo menos as pistas. E ficará mais rico de bênçãos, vigoroso em serenidade e acrescido em ternura." Otacílio Monteiro - Escritor e Jornalista.

Veja mais comentários...






"Para mim, as manhãs são mágicas. Muitas vezes, enquanto o cheiro do café se espalha pelos cômodos da casa, revivo as manhãs com (....). É mais um dia se iniciando e é nele que está contido o mistério de mais um episódio no drama da nossa vida. (....) Olhando as manhãs de sol claro ou mesmo de chuva, a qual muitas vezes provoca destruição, mas em outras tantas possibilita vida e exuberância, não posso deixar de pensar no Grande Diretor e em sua Luz incidindo em toda a criação. E é essa Luz que perpassa terremotos e temporais, com sua brisa suave e perene de esperança."  ALMA, LUZ E COTIDIANO pag. 19


 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal